Como Investir Melhor — Pare De Fazer Essas 4 Coisas Com O Seu Dinheiro!

Em um estudo divulgado pelo Valor Investe em 2020, foi constatado que 46% dos brasileiros mal olham para o próprio dinheiro, por isso, se você está em busca de saber como investir melhor, já está dando um passo à frente de muitos. Mas, para obter sucesso, precisa fazer algumas coisas e deixar de fazer outras, e é sobre isso que falaremos hoje!  

Como investir melhor: 4 dicas

Além de 46% dos brasileiros não olharem para a carteira, um estudo do SPC Brasil constatou que oito em cada dez entrevistados têm pouco ou nenhum conhecimento sobre como fazer o controle das despesas pessoais, ou seja, não guardam dinheiro, não planejam o próprio futuro e não investem. 

Para não entrar nessa estatística, veja as dicas de como investir melhor deixando de fazer essas 4 coisas: 

1. Deixar seu dinheiro na poupança

Não é novidade que essa não é uma boa alternativa para quem quer fazer seu dinheiro render. Deixar o dinheiro na caderneta de poupança dispensa a incidência de Imposto de Renda, mas o retorno é muito abaixo da inflação, menor até do que aplicações no Tesouro Selic ou Fundos de Renda Fixa Referenciados DI.

Ou seja, no fim do dia a rentabilidade é negativa quando levamos em conta a inflação. 

2. Não ter uma carteira de investimentos diversificada

Quem quer saber como investir melhor precisa entender que não ter uma diversificação de investimentos pode impedir você de ganhar dinheiro. A estratégia é separar os recursos entre diversas alternativas para aumentar as possibilidades de ganho com um conjunto de diversificações. 

Além disso, em caso de eventual perda, você terá uma compensação por outros ganhos acima da média.

3. Não saber seu perfil ou não traçar objetivo para o dinheiro

Quer saber como investir melhor? Então não deixe de fazer essas coisas: planejar, traçar objetivos e entender qual é o seu perfil de investidor.  

Isso quer dizer, por exemplo, que não adianta focar primeiro em uma carteira de investimentos superdiversificada se você ainda não sabe o quanto precisa para sua reserva de emergência ou, até mesmo, nem a considerou. 

Por isso, defina qual é o seu objetivo — se é de longo, médio ou curto prazo — quanto está disposto a investir e quais riscos disposto a tomar. 

4. Não contar com a ajuda profissional

Por fim, não contar com a ajuda de assessores especialistas é outro grande erro que você pode cometer ao cuidar do seu dinheiro e investimentos. Isso porque com esse auxílio você tem:

  • melhor preparação para investir;
  • capacidade e orientação sobre riscos e volatilidade do mercado;
  • melhor estratégia de investimento;
  • ajuda na elaboração de uma carteira diversificada.

Já sabe o que fazer e o que não fazer com o seu dinheiro e ser um melhor investidor? Então confira o artigo Small Caps: o que são e por que investir e comece hoje mesmo a melhorar seus investimentos. 

 

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *