Notícias setoriais 11/11

Notícias setoriais 11/11

AVIAÇÃO

🔴 Embraer se prepara para enfrentar 2021

Depois de terem tocado o fundo do poço no segundo trimestre, os resultados financeiros da Embraer inverteram a trajetória e seguirão melhorando nos próximos trimestres, a despeito da promessa de mais um ano “desafiador” para aviação comercial em 2021, de acordo com o presidente da fabricante brasileira de aeronaves, Francisco Gomes Neto. “A Embraer fez a lição de casa. Mesmo que a performance operacional seja afetada pela crise [desencadeada pela pandemia de covid-19], o resultado financeiro deve ser melhor”, disse o executivo, em teleconferência com analistas para comentar os resultados do terceiro trimestre.

CAR RENTAL

🔴 Nas locadoras, fim de semana é réveillon

Depois de acelerarem as vendas de veículos usados, as locadoras começam a colocar o pé no freio nesse tipo de negócio. Embora o ambiente seja favorável, pois os preços dos carros estão subindo, as locadoras não podem continuar vendendo a frota atual sem ter recebido carros novos das montadoras, que enfrentam gargalos em sua produção e pedem de 90 a 180 dias para entregar um veículo novo. E isso ocorre enquanto a demanda por aluguel de carros cresce – a taxa de ocupação da frota das locadoras está na faixa de 80%.

COMBUSTÍVEIS

🔴 Vendas sobem e BR Distribuidora vê sinais de recuperação

A BR Distribuidora encerrou o terceiro trimestre de 2020 com um volume de vendas de 9,4 milhões de metros cúbicos (m3), crescimento de 20,8% na comparação com o segundo trimestre. De acordo com a companhia, os resultados do trimestre foram marcados pelos primeiros sinais de recuperação da crise causada pela covid-19. O volume de vendas, no entanto, ainda está 9,8% abaixo do ano anterior, quando comparados o terceiro trimestre de 2020 com igual período de 2019.

COMMERCIAL PROPERTIES

🔴 GLP caminha para recorde de locação em 2020

Maior empresa com atuação no segmento de galpões no Brasil, a GLP caminha para mais um ano recorde em novas locações. De janeiro a setembro, o volume de novos contratos chegou a 460 mil m2, o correspondente a 94% do total registrado no acumulado de 2019. A demanda de comércio eletrônico, que ganhou força com a pandemia de covid-19, correspondeu a 70% do total. O restante foram contratações feitas pelo varejo tradicional e por operadores logísticos.

E-COMMERCE

🔴 Sequoia Logística avalia novas aquisições

Após concluir a compra da Direcional Transportes e Logística, a Sequoia Logística e Transportes negocia novas aquisições. Uma das empresas está em processo de auditoria legal (‘due diligence’). “Temos algumas empresas em avaliação e uma em processo de auditoria”, afirmou Armando Marchesan Neto, fundador e CEO da Sequoia.

EDUCAÇÃO

🔴 Liminares no RJ afetam receita da Yduqs

Após conceder cerca de 30 mil bolsas integrais para alunos que perderam renda com a pandemia, que provocou uma redução de R$ 67,5 milhões na receita do segundo trimestre, a Yduqs foi impactada em outros R$ 79,3 milhões no terceiro trimestre por conta de liminares e descontos de 30% exigidos por lei no Rio de Janeiro.

🔴 MEC gasta só 6% de recursos livres para educação básica

O Ministério da Educação (MEC) entrou no segundo semestre com baixo ritmo de execução do orçamento aprovado para 2020, arrastando uma situação que ocorre com mais força desde 2019 e ganha contornos mais críticos em meio à crise da covid-19 e aumento de pressão por gastos pelas redes de ensino. Além do repasse aquém do esperado aos Estados e municípios em um momento de crise, o volume de restos a pagar é crescente e pode, com o passar dos anos, achatar as verbas para educação de forma definitiva, alerta relatório do movimento Todos pela Educação.

ENERGIA

🔴 Diretor da Aneel rebate críticas sobre fiscalização

A demora no restabelecimento do fornecimento de energia no Amapá, após a subestação de transmissão de Macapá ser atingida por um raio na semana passada, levou o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, a defender ontem o trabalho de fiscalização do órgão. A agência foi criticada por não conseguir antever a grave falha de segurança do sistema de abastecimento local que provocou a indisponibilidade de três grandes transformadores e, principalmente, não permitiu a retomada do fornecimento de todo Estado nas horas seguintes.

🔴 CGN fecha contrato que viabiliza geração eólica no PI

A CGN Energia Brasil, controlada pela China General Nuclear Power Group (CGN), fechou contrato de R$ 90 milhões com a comercializadora Bolt Energy para o fornecimento de 15 megawatts (MW) por cinco anos. O acordo viabilizará a construção das unidades 9 e 10 do complexo eólico de Lagoa do Barro, no Piauí, parte do plano de expansão da companhia para alcançar um portfólio de geração de energia renovável de 3 gigawatts (GW) no Brasil.

🔴 Aneel dá aval para obra da Cteep sem relicitação

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) acatou ontem a recomendação da área técnica de classificar um conjunto de obras na rede da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep) como apenas um reforço à infraestrutura existente. Na prática, a agência garantirá um aumento de receita para a transmissora realizar as obras, sem que o novo projeto seja submetido à licitação.

🔴 Leilão confirmado em dezembro

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem o edital do leilão de transmissão, marcado para o dia 17 de dezembro. O certame ofertará onze lotes que preveem a instalação de mais 1.958 quilômetros de rede em nove Estados (AM, BA, CE, ES, GO, MS, MG, RS e SP). O investimento previsto é de R$ 7,34 bilhões.

FARMACÊUTICO

🔴 Amyris ganha espaço entre farmacêuticas

Uma das implicações inimagináveis do combate ao novo coronavírus é a caça de tubarões em massa que pode ocorrer para a obtenção de um componente, o esqualeno, para a produção de vacinas para toda a humanidade. Mas cinco farmacêuticas que estão com vacinas em fase de testes iniciaram conversas com a Amyris, empresa de biotecnologia da Califórnia com faturamento de US$ 153 milhões, para buscar uma alternativa.

FINANCEIRO

🔴 Ibovespa ganha R$ 390 bi em valor de mercado no mês

As empresas que compõem o Ibovespa ganharam R$ 389,3 bilhões em valor de mercado somente nos seis pregões deste mês. O valor das companhias presentes no índice saltou de R$ 3,331 trilhões para R$ 3,720 trilhões, do fim de outubro para cá, segundo levantamento do Valor Data. A melhora global da percepção de risco, diante da redução das incertezas com a eleição americana e a perspectiva positiva com a vacina contra a covid-19 da Pfizer e da BioNTech, ajudou a impulsionar a recuperação. O risco político e fiscal do Brasil segue no radar, mas em segundo plano.

IMOBILIÁRIO

🔴 Na Even, Hotel Fasano vale R$ 310 milhões

A Even Construtora e Incorporadora fechou opção de compra e venda do Hotel Fasano Itaim e de 32 estúdios do empreendimento imobiliário de altíssimo padrão Condomínio Pedroso Alvarenga, em desenvolvimento no bairro Itaim Bibi, na zona sul da capital paulista. A companhia não informou o nome do potencial comprador dos ativos pelo total de R$ 310 milhões. Para que a operação seja fechada, o investidor precisará exercer a opção de 16 a 23 de dezembro.

MACRO

🔴 Situação no Amapá não interfere na venda da Eletrobras, diz secretário

O secretário especial de desestatização, Diogo Mac Cord, avalia que o apagão no Amapá não deve afetar a tramitação do projeto de privatização da Eletrobras. Segundo ele, reações contrárias no “calor do momento” são naturais, mas insistiu que o caminho é melhorar a regulação, evitando que problemas desse tipo se repitam, com empresas públicas ou privadas.

🔴 4 estatais serão vendidas até o fim de 2021, promete Guedes

Quatro empresas estatais (Correios, Eletrobras, porto de Santos e PPSA) deverão estar privatizadas até o fim do ano que vem, segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele disse ontem estar frustrado pelo fato de estar no segundo ano de governo sem conseguir vender nenhuma empresa e reclamou da existência de um acordo contrário às privatizações no Congresso Nacional.

🔴 Bolsonaro ironiza Biden ao falar da Amazônia

O presidente Jair Bolsonaro ironizou ontem o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, que ameaçou o Brasil com sanções por causa da devastação na Amazônia. Ao comentar a declaração, Bolsonaro afirmou que apenas a diplomacia não basta para “fazer frente a tudo isso” e que, “depois que acabar a saliva, tem que ter pólvora”.

M&S

🔴 Consumo de aço cresce 4% em 2021, diz ArcelorMittal

O mercado brasileiro deve sustentar a recuperação no próximo ano. Jefferson De Paula, CEO da ArcelorMittal Aços Longos para a América Latina e Mineração Brasil, diz que, apesar da recuperação do Brasil e da América Latina, existem alguns pontos que não dependem de estímulos dos governos da região. De Paula acredita que é um ano de recuperação, mas essa estimativa é mais cautelosa.

🔴 Setor projeta demanda firme na AL

O setor siderúrgico da América Latina acredita que o próximo ano deverá ser de consolidação da recuperação de 2020. Durante o painel dos CEOs no congresso da Alacero, realizado ontem, foi um consenso entre os executivos de que a demanda por aço nos países da região está retomando em “V” e em alguns mercados com mais força como no Brasil.

OIL & GAS

🔴 Ocyan prevê novo ciclo na prestação de serviços

Com todas as unidades contratadas e com receitas garantidas, a Ocyan, empresa de aluguel de sondas e plataformas do grupo Odebrecht, conseguiu passar pela crise da indústria de óleo e gás de 2020 sem grandes sobressaltos. Antes a empresa, antiga Odebrecht Óleo e Gás, já havia passado por outra situação difícil: em 2017, enfrentou recuperação extrajudicial, em acordo com credores, para negociar dívidas totais de cerca de US$ 5 bilhões.

SAÚDE

🔴 Sob aplausos de Bolsonaro, Anvisa suspende teste de vacina

A direção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) defendeu ontem a sua decisão de suspender por tempo indeterminado os testes clínicos da Coronavac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e o Instituto Butantan. A deliberação gerou reações políticas e judiciais. O presidente Jair Bolsonaro comemorou em suas redes sociais o que considerou uma vitória pessoal. Já o governador de São Paulo, João Doria, disse acreditar na retomada imediata dos estudos.

SUPERMERCADOS

🔴 Carrefour acelera e vê demanda alta

As vendas líquidas do grupo Carrefour se aceleraram no terceiro trimestre num ritmo superior ao dos meses anteriores, com ganho de volume de dois dígitos, sinalizando que o aumento da demanda pode não ter perdido vigor ainda, após o pico da pandemia. De julho a setembro, a receita líquida subiu 26,6%, para R$ 17,4 bilhões, frente a uma alta menor, de 14,7% no segundo trimestre.

TECNOLOGIA

🔴 Investidor espera detalhes de fusão da Linx

A Linx decepcionou investidores e analistas que participaram da teleconferência de resultados da companhia ontem, à espera de mais detalhes sobre a disputa da Stone e da Totvs para uma fusão com a companhia. Alberto Menache, fundador e executivo-chefe da Linx, disse que não comentaria sobre a proposta de incorporação durante a teleconferência, que durou 22 minutos.

TELECOM

🔴 Copel Telecom

Depois de garantir o lance mais alto no leilão da Copel Telecom, na segunda-feira, o fundo Bordeaux se prepara para usar capital nas disputas de leilão 5G. O fundo reúne investidores liderados pelo empresário Nelson Tanure e tem fôlego financeiro para novos negócios, na ambição de criar um polo tecnológico no Paraná, especialmente voltado ao agronegócio.

VAREJO ESPORTIVO

🔴 Adidas troca empréstimo e pode retomar dividendos

A Adidas, fabricante alemã de artigos esportivos, substituiu um empréstimo emergencial garantido pelo Estado, que obteve durante a primeira onda da pandemia. A iniciativa permitirá ao grupo voltar a pagar dividendos.

Fontes: Valor Econômico
Estadão
Folha de S. Paulo

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *