Onde investir 100 mil reais? Descubra agora!

Onde investir 100 mil reais? Descubra agora!

Investir pode parecer uma tarefa complicada, especialmente para quem tem pouca experiência com o mercado financeiro. Mas não precisa ser assim. É possível entender como funcionam as alternativas para escolher a melhor para o seu caso.

Além da disciplina de poupar, é importante investir o dinheiro com sabedoria. Dessa forma, ele pode render cada vez mais, ajudando você a alcançar objetivos maiores — como aposentadoria, viagens ou até mesmo a independência financeira.

Que tal saber como alocar seu dinheiro? Neste artigo, você encontrará opções de investimento para quem ainda não sabe onde investir 100 mil reais. Confira!

Por que investir seu dinheiro?

Cada vez mais, as pessoas têm percebido a importância de investir para ter mais segurança financeira. No entanto, a falta de conhecimento sobre o assunto pode resultar em escolhas pouco adequadas, como deixar o dinheiro parado na conta corrente.

Até mesmo a conhecida poupança não costuma ser a melhor decisão em termos de investimento. Embora seja uma alternativa muito buscada pelos brasileiros, o rendimento da aplicação é baixo e pode perder para a inflação em alguns cenários.

Por isso, vale a pena conhecer alternativas melhores no mercado, como veremos. Se você já consegue poupar e construir patrimônio, é importante saber aplicar o valor pensando na rentabilidade, liquidez e segurança para fazer o dinheiro render e trabalhar em prol dos seus planos e do futuro.

O que analisar antes de investir?

Como você verá, existem diversas possibilidades para investir seu dinheiro. É possível comprar títulos do Tesouro, investir em fundos de investimento ou na bolsa de valores, por exemplo. Escolher o mais adequado exige certo preparo e estudo.

Por isso, antes de fazer qualquer tipo de investimento, o ideal é que você descubra qual é o seu perfil de investidor. Ele lhe ajuda a identificar suas características e, especialmente, sua tolerância aos riscos quando o assunto é mercado financeiro.

O perfil de investidor é baseado na busca por rentabilidade e também por segurança. O que é prioridade para você? Saber disso é fundamental para alcançar os seus objetivos, respeitando a sua tolerância ao risco.

Depois de conhecer seu perfil, é hora de ter informações sobre as opções de investimentos disponíveis no mercado. Não existe um investimento ideal, pois cada um se adéqua melhor a preferências e objetivos diferentes.

Onde investir 100 mil reais?

Agora que você sabe a importância de investir e o que analisar antes de aplicar seus recursos, pode estar se perguntando como fazer escolhas na prática. Vamos imaginar alguém que tenha 100 mil reais: onde investir o capital?

Conheça algumas opções:

Tesouro Selic

Se você ainda não tem uma reserva de emergência, é importante alocar parte do seu patrimônio com esse objetivo. Não precisa – e nem deve – investir todos os 100 mil reais nela. A decisão depende do seu estilo de vida e das suas contas fixas mensais.

A reserva tem o objetivo de proporcionar segurança em relação aos imprevistos da vida. Por isso, ela deve ser investida em um produto com liquidez e estabilidade. Ou seja, você precisa ter acesso ao dinheiro com facilidade sempre que for necessário.

Uma alternativa muito utilizada para tal fim é o Tesouro Selic — um título público. O investimento tem rentabilidade atrelada à taxa básica de juros Selic e apresenta liquidez diária. A aplicação também está entre as mais seguras do mercado.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é outro exemplo de título emitido pelo governo. Ele costuma ser interessante para planos de longo prazo. É possível encontrar opções dentro dessa modalidade com datas de vencimento maiores.

Assim, quem já tem uma reserva de emergência e quer investir para aposentadoria ou outros objetivos de longo prazo, pode se interessar pelo Tesouro IPCA. Uma de suas vantagens é render sempre acima da inflação.

A rentabilidade do título é feita a partir de uma taxa de juros pré-fixada acrescida do índice de inflação (IPCA). Logo, ele apresenta uma proteção contra a perda de valor de compra do dinheiro no longo prazo.

Entre os títulos de Tesouro IPCA, há os que pagam cupons de juros semestrais e outro cujo dinheiro fica rendendo até a data de resgate. A escolha depende de suas preferências.

Títulos de renda fixa privada

Além das opções do Tesouro Direto, existem investimentos de renda fixa privada — oferecidos por instituições financeiras ou empresas. Uma das características da renda fixa é que sua rentabilidade apresenta estabilidade.

Ou seja, é possível saber como ela acontece. Em títulos pré-fixados a taxa de juros é acordada previamente e você consegue prever quanto receberá no prazo de vencimento. Em outros, como os pós-fixados, a lógica de rendimentos é conhecida.

Por exemplo, uma das referências do mercado para a remuneração dos títulos de renda fixa é o CDI. Ele é uma taxa que tem valor muito próximo ao da Selic.

Alguns dos títulos de renda fixa mais conhecidos são:

  • Certificado de Depósito Bancário (CDB);
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI);
  • Letra de Crédito do Agronegócio (LCA).

Fundos de investimento

Os fundos de investimento são mais uma opção para quem não sabe onde investir 100 mil reais. Eles representam uma modalidade coletiva. Logo, reúnem os recursos de vários investidores. Ao fazer esse investimento, você adquire cotas do fundo.

O patrimônio do fundo é administrado por um gestor profissional — o que pode ser uma vantagem para quem não quer escolher os investimentos sozinho. Existem fundos de diversos perfis. Alguns são focados na renda fixa e outros na renda variável, por exemplo.

Como há grande diversidade, é importante que o investidor conheça cada tipo de fundo de investimento e analise quais são os mais adequados para ele. Entre as opções, estão os fundos imobiliários e os fundos multimercado.

Ações

Quem tem um patrimônio de 100 mil reais também pode se interessar por investir em ações. Elas são negociadas na bolsa de valores e existem formas diferentes de buscar por lucros: investimento ou especulação.

No caso da especulação, o foco é no curto prazo. Já nos investimentos, há interesse de longo prazo — como lucrar com a valorização dos papéis ou com o recebimento de dividendos.

Como envolvem risco e volatilidade maior, as ações também exigem mais atenção do investidor. É importante fazer uma boa análise no momento de escolher as empresas.

Agora, você sabe onde pode investir 100 mil reais. Como viu, o ideal é analisar as opções de acordo com a sua tolerância a riscos e os seus objetivos. E lembre-se de que montar uma carteira diversificada é interessante para mesclar rentabilidade e segurança.

Quer apoio para investir da forma mais adequada para alcançar os seus objetivos? Entre em contato conosco e conte com uma assessoria de investimentos gratuita para lhe ajudar!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *