Position Trade: o que é essa estratégia e como operar na bolsa com ela?

Position Trade: o que é essa estratégia e como operar na bolsa com ela?

Você já ouviu falar de especulação na bolsa de valores? Nesse caso, o intuito é de curto prazo, com foco em operações que permitam conquistar retornos mais rápidos. Existem diferentes estratégias que podem ser usadas para esse fim — como o position trade.

Diferente de outras estratégias especulativas – que visam o imediatismo, no entanto, o position trade tem um prazo de maturação maior. Assim, ele possui algumas particularidades que precisam ser conhecidas por quem deseja fazer trades na bolsa.

Quer aprender o que é position trade e como operar na bolsa com ele? Então continue a leitura!

O que é especulação na bolsa de valores?

Quando se fala em investimento em ações, o foco costuma ser o longo prazo. Normalmente, o investidor visa obter renda com dividendos e, no futuro, com a valorização do ativo. A estratégia é bastante conhecida como buy and hold.

Todavia, como você viu, existem práticas que buscam um ganho mais rápido na bolsa de valores. É o caso das operações de trade, cujo objetivo é ter lucros com oscilações de preço no curto prazo. Para tanto, o trader avalia tendências para identificar o potencial de valorização ou desvalorização.

Uma diferença importante em relação às estratégias de curto e longo prazo está em como são feitas as avaliações sobre ativos. No buy and hold, é comum utilizar a análise fundamentalista para analisar a empresa e seu potencial ao longo do tempo. 

Já a especulação utiliza a análise técnica, que estuda o comportamento de preços de um ativo ou derivativo para identificar as oportunidades. Isso é feito por meio de gráficos que permitem a visualização de dados, como cotação e volume de negociações.

O que é position trade?

O position trade se caracteriza por ser uma operação de especulação que não é finalizada no curtíssimo prazo. Não há um prazo definido para a conclusão da operação, mas ela costuma durar alguns meses – ou mesmo mais de um ano.

Entretanto, mesmo com foco em um prazo mais longo em relação a outras estratégias de trade, o position não é considerado um método de investimento em si. Afinal, o objetivo é focar na oscilação de preços – e não há relação direta com a qualidade das empresas, por exemplo.

Não há, portanto, a mentalidade de se tornar sócio de uma empresa ao fazer essa operação. Como você viu, o especulador focará na análise técnica para montar operações que visem o lucro com a valorização ou desvalorização de preços em dado período. 

Quais são as principais características do position trade?

Agora você já sabe o que é o position trade e deve imaginar que ele não demanda um acompanhamento tão frequente quanto outras formas de trade. Assim, o trader – que faz operações de especulação – não precisa acompanhar o mercado tão de perto.

Outra característica importante é seu nível de risco. A especulação costuma trazer mais riscos – devido à sua exposição à volatilidade na renda variável. Entretanto, em relação a outras estratégias – como o day trade (que você conhecerá adiante), o position permite um manejo de risco maior.

Além disso, é preciso ficar atento às taxas. Os lucros podem ser tributados sempre que, em um mês, o especulador vender mais de R$ 20 mil em ativos. 

Quando isso acontecer, o Imposto de Renda será cobrado com alíquota de 15% sobre os ganhos. Porém, se o total negociado for inferior ao patamar citado, há isenção do tributo no position trade.

Diferenças em relação a outros tipos de trade

Quando se fala em operações de trade, existem diversas alternativas no mercado. Diante disso, é normal que surjam dúvidas sobre as diferenças entre elas. Entenda as outras principais:

  • day trade: as negociações são iniciadas e finalizadas no mesmo dia, durante o pregão. Ou seja, elas duram minutos ou horas;
  • swing trade: as operações são feitas em períodos mais longos, como alguns dias ou semanas.

Além disso, no day trade há diferenças em relação à tributação. A alíquota é de 20% e incidirá sobre os lucros independentemente do total de ativos negociados no mês. O swing trade segue as mesmas regras do position.

Quais são os riscos e vantagens?

Após entender o que é e como funciona o position trade, é interessante entender as suas vantagens e riscos. Em relação aos benefícios, os principais são:

  • possui custos menores em relação aos outros tipos de trade, devido ao menor volume de negociações, que pode reduzir as taxas totais;
  • exige menos tempo do trader para acompanhar as operações.

No entanto, existem desvantagens que devem ser consideradas. A principal trata dos riscos, que podem ser superiores quando comparados com o buy and hold. Outro ponto é o maior impacto pelas oscilações no cenário político e econômico nacional e internacional.

Ademais, o contexto do setor e da própria companhia também gera mais impactos nas decisões do especulador. Assim, quando os acontecimentos não foram previstos e considerados ao avaliar as tendências, o operador pode ter prejuízos.

Para quem o position trade pode ser indicado?

Geralmente, as operações de position trade costumam ser mais indicadas para quem tem um perfil mais arrojado, principalmente devido aos riscos envolvidos. Ainda, é preciso entender se elas são adequadas aos seus objetivos, principalmente em relação aos prazos e possibilidade de prejuízos. 

Considerando as particularidades, o position trade pode ser mais adequado para aqueles que não tenham tanto tempo para acompanhar as oscilações do mercado. Mas que, ainda assim, desejam especular na bolsa. O day trade e o swing trade, por exemplo, podem demandar mais atenção.

Logo, a rotina pode ser menos intensa ao optar pelo position, garantindo mais tempo para realizar análises. Entretanto, continua sendo essencial estudar o mercado de renda variável para entender as oscilações e indicadores a fim de tomar melhores decisões. 

Como operar na bolsa utilizando o position trade?

Se você acredita que essa operação é indicada para a sua estratégia, vale aprender algumas dicas. Primeiro, é preciso ter uma conta em uma corretora de valores para ter acesso ao home broker e realizar as negociações.

Também é essencial estudar o mercado e definir quais serão os tipos de análise e indicadores utilizados para embasar as suas decisões. Depois, você pode iniciar as operações, avaliando os ativos e derivativos para comprar e vender.

Como forma de manejar o risco, é possível estabelecer marcos de stop loss e stop gain na ferramenta utilizada para as operações. Esses são recursos de segurança que podem interromper as negociações quando o trader não está acompanhando o mercado. 

Agora você já sabe o que é o position trade e como operar na bolsa com essa estratégia. Portanto, avalie os riscos e vantagens, assim como o seu perfil de investidor e objetivos, para decidir se ela faz sentido para você.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo em sua jornada no mercado financeiro!

o que é position trade, estratégia de negociação, day trade, swing trade, bolsa de valores, análise técnica, análise fundamentalista, buy and hold, comprar e vender, especulação na bolsa de valores, especular na bolsa
Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *