Quais as melhores Ações para investir em 2021?

Quais as melhores Ações para investir em 2021?

Com a chegada de um novo ano, é muito comum que os investidores desejem saber onde investir na bolsa. Para isso, é feita uma busca quanto às oportunidades disponíveis — como as melhores Ações para investir.

Após a crise causada pela pandemia do coronavírus, essa questão se tornou ainda mais latente. Assim, muitas pessoas querem saber onde alocar os recursos em 2021. Para chegar à resposta, contudo, é preciso pensar tanto em fatores individuais como nas condições de mercado.

Neste artigo, você saberá o que precisa considerar para descobrir as melhores alternativas sobre onde investir no mercado de Ações em 2021. Confira!

Entenda qual é o seu perfil de investidor

Antes de direcionar os seus recursos para qualquer investimento, é sempre importante considerar o seu perfil de investidor. Afinal, a classificação indica o seu apetite ao risco e como você se comporta diante da volatilidade.

Ao investir na bolsa de valores, em qualquer Ação que seja, é natural correr mais riscos. Como se trata da renda variável, essa é uma característica inerente. No entanto, há uma diversidade de estratégias com as quais é possível ter mais segurança ou rentabilização do patrimônio.

Sendo assim, é preciso saber se você se encaixa como investidor conservador, moderado ou arrojado. A depender da sua tolerância, será viável investir em empresas com maior ou menos risco atrelado.

Conheça os seus objetivos financeiros

Para saber como investir nas melhores Ações em 2021 também é necessário entender o que você deseja alcançar com o investimento. Se o seu foco estiver no longo prazo ou na geração de renda passiva, por exemplo, pode ser interessante investir em boas pagadoras de dividendos.

Os proventos são uma parte do lucro líquido que é distribuído aos acionistas. Eles podem ser pagos em diversas periodicidades e cada companhia de capital aberto define o percentual a ser compartilhado.

Em geral, empresas consolidadas e com bom potencial de ganhos costumam pagar mais e em maior frequência. Nesse cenário, negócios do setor elétrico, saneamento e financeiro se destacam, pois não precisam fazer grandes reinvestimentos.

Além dos dividendos, outro objetivo na bolsa pode ser encontrar valorização. Assim, é possível buscar Ações com valor descontado. Ao comprar um papel mais barato do que ele realmente vale, você pode aproveitar o movimento de valorização sobre o investimento.

Já para investidores dispostos a correr um pouco mais de riscos e com objetivo de tentar potencializar os rendimentos, pode valer a pena investir nas smalls caps. Trata-se das empresas com menor capitalização de mercado. Elas podem ter potencial de crescimento, mas menos liquidez.

Avalie o cenário pós-pandemia

A pandemia do novo coronavírus causou grandes efeitos, que, provavelmente, serão sentidos muito além de 2021. Por isso, é preciso avaliar as condições do cenário e suas mudanças para definir onde é melhor alocar seus recursos.

Na hora de investir na bolsa, negócios de tecnologia e varejo têm se destacado – muitas ganharam, inclusive, o título de uma das melhores Ações do mercado. Afinal, com a quarentena, cresceu o uso de recursos online, além de compras via delivery e e-commerce. 

Além do mais, muitas empresas e indústrias aceleram sua transformação digital para aumentar a competitividade e a segurança contra futuros imprevistos. Apesar dos impactos negativos em outros setores, essas áreas foram menos afetadas e se mostram promissoras. 

Elas podem, portanto, ser boas alternativas para investir e aproveitar o movimento de desenvolvimento que deve se apresentar nos próximos anos. Antes de fazer suas escolhas, no entanto, é preciso considerar outros fatores – como você verá a seguir.

Faça uma análise fundamentalista

Escolher as melhores Ações para investir na bolsa de valores não depende de sorte ou de adivinhação. Pelo contrário: o ideal é realizar um estudo completo para saber onde estão as oportunidades condizentes com o seu perfil e com os seus objetivos.

Nesse sentido, fazer a análise fundamentalista é indispensável. Ela considera características estruturais da empresa. Com isso, ajuda a identificar qual é a solidez do negócio, o seu potencial de valorização e mesmo como ela se posiciona em relação a competidores do segmento.

O uso dos indicadores fundamentalistas é muito útil e há diversos pontos que podem ser observados. O P/L, por exemplo, calcula o preço da Ação sobre o lucro. Valores menores podem indicar Ações descontadas e com potencial de valorização.

Já o dividend yield indica quanto uma empresa paga de dividendos. Dependendo do seu intuito, então, pode ser interessante dar preferência à Ação com DY maior.

Para conhecer a saúde financeira, é possível avaliar o índice de endividamento ou relativizá-lo sobre o lucro ou o patrimônio. Se a empresa comprometer uma grande parte dos recursos na forma de débitos, pode ser sinal de que algo na gestão não está bem.

Mas é importante ter em mente que um indicador não deve ser visto de forma isolada. O melhor é selecionar os mais relevantes para a sua análise e fazer uma análise contextualizada. Assim, é possível ter uma visão geral e realista do negócio.

Considere recorrer às carteiras recomendadas

Para quem ainda não entende muito bem do mercado ou quer ter uma opinião profissional, há a chance de usar as carteiras recomendadas. Basicamente, elas são compostas por variadas Ações — selecionadas por analistas do mercado financeiro.

Os profissionais utilizam seus conhecimentos e sua experiência para analisar os indicadores fundamentalistas de empresas. Com isso, criam-se carteiras de investimentos em Ações. Elas podem ter perfis de risco e objetivos variados. 

Normalmente, a recomendação é acompanhada por um relatório, em que se pode conferir as análises e as justificativas para cada escolha. Se as avaliações fizerem sentido para o que você deseja, é possível usar essas recomendações para guiar seus investimentos.

Mas atenção: não é indicado mesclar informações ou selecionar as Ações que mais aparecem em carteiras diferentes. Cada conjunto é montado com uma lógica. Por isso, misturá-los muda o equilíbrio e as características do portfólio, que pode deixar de ser adequado para você.

Como vimos, a escolha das melhores Ações para investir em 2021 depende de uma série de fatores. Avaliando todos eles, será viável alocar seus recursos de maneira estratégica para aproveitar as oportunidades da bolsa de valores!Conhecer as alternativas é a melhor forma de investir de maneira sólida e adequada às suas necessidades e perfil de investidor.

Entre em contato conosco da Zahl e conte com a ajuda de um dos nossos assessores para avaliar as oportunidades disponíveis no mercado!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *