Viver de aluguel de fundos imobiliários é possível?

Viver de aluguel de fundos imobiliários é possível?

Alguns investidores têm o objetivo de conseguir se manter apenas com o retorno obtido nos investimentos. Por exemplo, viver de aluguel. Para isso, é muito comum o plano de adquirir imóveis e disponibilizá-los para locação.

Contudo, existem alternativas no mercado financeiro. Como a possibilidade de adquirir Fundos Imobiliários e receber aluguéis por eles. Alguns investidores se perguntam se é possível viver de renda assim. Você também tem essa dúvida?

Preparamos um conteúdo para esclarecer o funcionamento desse tipo de Fundo de Investimento e esclarecer se é possível viver de aluguel com eles. Confira!

Como os fundos imobiliários funcionam?

Os fundos imobiliários (FIIs) são investimentos em renda variável focados no mercado de imóveis. Eles são feitos por um grupo de investidores que aportam recursos comprando cotas do fundo.

Com os valores, um gestor profissional toma as decisões de investimentos, visando obter retorno financeiro para os cotistas. Geralmente, os FIIs pagam proventos mensalmente aos investidores (mas os detalhes podem variar em cada fundo).

Eles podem ter estratégias variadas. Uma delas é gerar rendimentos passivos com aluguéis. Porém, existem alternativas voltadas também à compra e venda de imóveis, cuja rentabilidade é obtida pela negociação das propriedades.

Quais são os principais tipos de FIIs?

Os Fundos Imobiliários podem ser de diferentes tipos. Assim, eles devem ser avaliados por quem deseja investir para viver com o rendimento do aluguel.

Entenda mais a seguir!

Fundos de papel

Os fundos de papel são um tipo que investe em ativos lastreados em imóveis — como os CRIs e LCIs. Nesse caso, o rendimento é decorrente do pagamento de juros referentes aos papéis. Assim, os investimentos são feitos na renda fixa, e não em imóveis diretamente.

Fundos de tijolo

Os fundos do tipo tijolo são os que investem diretamente em imóveis físicos, já construídos ou em construção. Entre os objetivos estão obter renda na valorização do imóvel antes de vender ou ter renda passiva com o recebimento de aluguéis.

Assim, é o tipo de FII que costuma distribuir mais dividendos, já que os lucros vêm do mercado imobiliário em si.

Fundos de fundos

Por fim, os fundos de fundos investem em outros FIIs. Isto é, adquirem cotas dos demais fundos. Ele permite ainda mais diversificação, pois é possível montar um portfólio com FIIs de diversos tipos e diferentes estratégias.

Quais as vantagens dos FIIs?

Os Fundos Imobiliários podem ser vantajosos para muitos investidores. Contudo, é preciso considerar que a escolha varia conforme seus objetivos e seu perfil de investidor.

A seguir, conheça alguns benefícios que merecem destaque:

Mais diversificação de recursos

Os investimentos realizados permitem que o gestor do fundo compre diferentes imóveis trazendo mais diversidade e segurança. Logo, os riscos são diluídos em relação a quem compra uma propriedade diretamente, por exemplo.

Valor de investimento mais baixo

Outro ponto que beneficia os FIIs em relação à compra direta de um imóvel é o custo. O preço das cotas dos fundos é bem menor do que o valor de um bem. Isso amplia as oportunidades para os investidores que ainda não tem altos valores disponíveis.

Liquidez

As cotas do Fundo Imobiliário também são mais fáceis de negociar do que um imóvel. Isso decorre, principalmente, do seu valor. Um imóvel tem alto custo e pode demorar para encontrar um interessado. As vendas de FIIs acontecem na Bolsa de Valores e têm mais liquidez.

Rendimento isento

Os dividendos obtidos nos aluguéis dos FIIs não são tributados para o investidor pessoa física. O pagamento de impostos acontecerá somente na venda da cota, com percentual de 20% sobre o retorno obtido com a venda.

É melhor investir em FIIs ou imóveis?

Como você viu, os FIIs trazem vantagens interessantes. Para decidir o que é melhor no seu caso, é importante conhecer o seu objetivo e a sua disponibilidade financeira.

Normalmente, é mais fácil investir em fundos. Além do custo menor, não há toda a burocracia envolvida na compra de um imóvel. Outra vantagem é que o gestor é que se responsabilizará pela composição do fundo e administração das propriedades.

Ainda, os FIIs permitem maior diversificação na carteira, pois podem contar com diversos tipos de empreendimentos. É possível investir em diferentes shoppings, galpões etc. com cotas de apenas um fundo.

Viver de aluguel com FIIs é possível?

Sim, é possível viver de aluguel com FIIs. Entretanto, a estratégia dependerá de diversos fatores para ter sucesso. Primeiro, é preciso avaliar o seu perfil de investidor. Afinal, trata-se de renda variável. O ideal é considerá-lo um investimento de longo prazo.

Além disso, é importante manter o foco em aportes para construir um patrimônio maior. Por fim, também vale a pena estudar o assunto e analisar os FIIs para escolher aqueles que têm maior alinhamento com as suas expectativas.

Como escolher os melhores FIIs?

Se você acredita que receber os proventos de fundos imobiliários é uma boa opção, é hora de saber como escolher os fundos. Esse é um cuidado fundamental para realmente ganhar dinheiro com aluguel utilizando essa estratégia.

Confira as principais dicas a seguir!

Avalie a estratégia do fundo

Como você viu, os fundos podem ter diferentes estratégias. Por isso, o investidor deve entender quais são as propriedades incluídas e como se dá os investimentos do gestor. Isso influencia o potencial do FII.

Analise o histórico

O histórico do FII traz informações sobre os resultados que o investimento já trouxe, permitindo uma análise de sua evolução. No entanto, ao fazer isso é preciso ter atenção. Os dados históricos são relevantes, mas não garantem resultados futuros.

Avalie a gestão do FII

Um dos pontos fundamentais para o sucesso dos investimentos em fundos é a maneira como ele é gerido. Portanto, avalie a administração para verificar se ela toma boas decisões e ver como ela lida com o mercado.

As informações podem ser encontradas nos relatórios emitidos, na forma de comunicação e na transparência do gestor. Também vale a pena verificar a taxa de administração, que traz impactos nos seus ganhos.

Verifique como funciona a distribuição de dividendos

Por fim, se o seu objetivo é receber proventos para viver de aluguel, é fundamental compreender como é feita a distribuição de dividendos. Veja como é realizado o cálculo e qual tem sido o percentual distribuído.

Depois de entender como é possível viver de aluguel com FIIs, avalie as opções para saber se vale a pena fazer o investimento. Um suporte profissional para conhecer as alternativas do mercado pode lhe ajudar muito!

Quer saber mais sobre investimentos e conhecer as alternativas para seu perfil? Entre em contato com a Zahl!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *